Por que a terapia é útil também no envelhecimento

Fase da vida é marcada por mudanças físicas e sociais que podem impactar a autoestima. Conheça cinco benefícios de cuidar da saúde mental para pessoas mais velhas.

Por que a terapia é útil também no envelhecimento

Não existe idade certa para nada nesta vida, muito menos para o cuidado com a saúde mental. As transformações e mudanças pelas quais passamos na nossa vida não se limitam a quando somos mais jovens. O fato de ficarmos mais velhos, mais maduros, pegar experiência não é uma espécie de “salvo conduto” para a terapia.

O envelhecimento muda a gente, como bem explica esta matéria do site Healthline. “Ele muda a aparência do seu corpo e a maneira como funciona. Isso pode mudar seu papel no trabalho e na família. Pode até mudar radicalmente sua autoestima”, diz a publicação.

A publicação afirma também que estudos, como este publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA), mostram que a terapia é tão eficaz para os idosos quanto para adultos que estão na meia-idade.

LEIA TAMBÉM: Saúde mental: o que é e como descobrir se algo não está bem

Confira a seguir os benefícios da terapia para quem está prestes a lidar com as mudanças provocadas pelo envelhecimento.

A terapia prepara para o envelhecimento

Mudanças físicas e sociais podem acontecer com o envelhecimento (queda dos hormônios, da capacidade física, divórcios). Mudar (e aceitar mudanças) é difícil, mas é possível se adaptar.

Estimula a explorar novas identidades

Você já pensou no que vai fazer depois de se aposentar? Tem quem veja essa etapa com algum receio. “Algumas pessoas perdem a sensação de serem relevantes”, disse a assistente social clínica licenciada Jill Meehan, em entrevista ao Healthline. A terapia pode dar um senso de direção enquanto a pessoa se redefine.

OUÇA O COMECE AGORA: A coragem de (se) transformar, com Fernanda Neute

Ajuda a enfrentar uma perda

Lidamos com a perda de pessoas queridas em qualquer fase da vida. Mas quanto mais vivemos, maiores são as chances de nos despedirmos daqueles que em algum momento estiveram próximos — considere como perda não só as mortes, mas a saída dos filhos de casa, por exemplo. A terapia pode ser o suporte para nos ajudar a validar e processar sentimentos como tristeza e arrependimento.

Cria novas conexões

Criar e manter relações sociais ao longo do curso de vida é um dos pilares que sustentam o envelhecimento ativo. A terapia pode reconectar você a outras pessoas, protegendo-o dos efeitos negativos do isolamento que pode vir com o passar dos anos.

Te faz avaliar a vida e projetar o futuro

A terapia pode ajudá-lo a fazer uma avaliação de tudo o que aconteceu para que você tenha chegado neste momento da vida — o quão longe você chegou, o que você experimentou — e apoiá-lo na definição do que você quer fazer e ser para os próximos anos que ainda virão.

Complementary Content
${loading}