Como ser mais gentil com você mesmo através de 15 práticas simples?

Listamos alternativas para exercitarmos cada vez mais a gentileza com as pessoas

Como ser mais gentil com você mesmo através de 15 práticas simples?

Temos passado períodos onde a resiliência é primordial. E tudo bem se, um dia ou outro, sentirmos tristeza, medo ou ansiedade. O importante é reconhecer esses sentimentos na tentativa de ficarmos bem.

Então, o que pode ser feito para sermos mais gentil com nós mesmos? Pode ter certeza que realizar pequenas ações no nosso dia a dia já ajuda bastante.

Tanto que o site do Today, programa matinal da rede de TV norte-americana NBC, perguntou a especialistas em felicidade, psicólogos e a seus próprios leitores quais dicas eles poderiam compartilhar para ajudar as pessoas a melhorarem o humor e a se sentirem mais felizes e menos ansiosas.

Confira algumas ideias compartilhadas:

Ter uma prática matinal de dois minutos

Que tal começar a manhã dizendo “vou deixar...”, para algo que cause preocupação ou arrependimento, “estou grato por...”, para algo ou pessoas que te encheram de gratidão, ou “vou me concentrar agora...”, para alguma demanda da lista de tarefas?

Criar essa rotina pode preparar o cérebro para a uma positividade logo ao acordar, te ajudando a se sentir melhor pelo resto do dia, indica Neil Pasricha, diretor do The Institute for Global Happiness em Toronto.

Fazer aulas de ioga

Para Laurie Santos, professora de psicologia na Universidade de Yale, a ioga a deixa mais feliz e centrada após um pouco de prática. Por sinal, no YouTube há diversos canais com aulas gratuitas de ioga para quem tem curiosidade quanto à prática.

Escrever uma lista de tarefas

Seja para o dia ou para a semana inteira, essa dica de Sue Adamczak, leitora do Today, ajuda a manter o foco sempre no positivo.

Buscar a natureza

E não precisa ser uma floresta, trilha ou algo afastado e de difícil acesso. Na opinião de Catherine Sanderson, autora do livro The Positive Shift, um passeio pelo bairro (de máscara, respeitando o distanciamento social e tendo álcool em gel por perto) ou em um parque possibilita aumento na felicidade, a redução do estresse e fortalecimento do sistema imunológico.

Pular!

Não, você não leu errado. Pular é um rápido estímulo psicológico e físico que mantém a endorfina de bem-estar percorrendo pelo corpo, explica Elizabeth Lombardo, psicóloga e autora do livro Better Than Perfect. Ela costuma pular em um trampolim usado para treinos fitness, mas caso você não tenha um, a sugestão dela é pular na cama. “Não vou contar para sua mãe”, brinca.

Colocar as coisas em perspectiva

A sugestão da leitora Deborah Katz é entender que, apesar de 2020 ter deixado escapar belos momentos, essas situações perdidas são pequenas quando você olha para a sua vida como um todo.

Gastar uns minutos para reiniciar

Respirar lenta e profundamente, ouvir uma música favorita, ler uma citação inspiradora ou trocar de ambiente. Parar alguns minutos a cada hora para realizar essas pequenas atividades pode te impedir de se sentir mal, ainda mais quando você percebe os primeiros sinais de mau humor, destaca Joshua Klapow, professor associado de saúde pública na Universidade do Alabama.

Escrever suas bençãos e conquistas

Desde a sua saúde até as pessoas em sua vida, passando por coisas simples, como o cheiro do seu café da manhã. Parar para escrever isso pode dar um impulso ao seu bem-estar geral, acredita Laurie Santos.

Começar o dia com uma corrida ou caminhada

Isso ajuda por, pelo menos, metade do dia por trazer um sentimento de realização e vibrações positivas, segundo a leitora Lorna Campbell.

Doar como puder

Catherine Sanderson acredita que o momento pede doações, seja de sangue para hospitais ou bancos de sangue, de alimentos, de pedidos em pequenos comércios locais ou até mesmo algum ato de bondade com um amigo, vizinho ou estranho.

Gargalhar

O riso é um remédio poderoso para Elizabeth Lombardo. Tanto que ela compartilhou que gargalhar pode reduzir o estresse e dar um impulso positivo de energia. Basta assistir por alguns minutos uma produção de comédia na Netflix ou um esquete cômico no YouTube.

Não lutar contra o mau humor

Permitir não se sentir bem por um breve momento é um reconhecimento honesto de que você está estressado ou não está tão feliz quanto gostaria. Quando você não luta com as emoções negativas, você descobre que o mau humor é temporário, afirma Joshua Klapow.

Desconectar

Seja da TV ou do celular, é bom se desconectar um pouco, ainda mais quando a maioria do conteúdo mostra tristeza. Na opinião da leitora Denise French, os dias são mais brilhantes e melhores quando ela não faz uso desses dispositivos.

Concentrar no positivo

“Eu me lembro do que não foi cancelado e tento me concentrar no que eu tenho controle", é a dica da leitora April Halbert.

Procurar ter contato

Ter um estímulo tátil vai elevar quase que automaticamente o seu humor, comenta Joshua Klapow. Uma conexão física com seu animal de estimação, filhos, cônjuge ou com quem você divide a moradia vai te deixar mais contente.

Complementary Content
${loading}