A mãe tá on: a internet e a era das mães modernas

Naturalização e experiência: nova tendência da maternidade contemporânea impacta escolhas das mães conectadas

A mãe tá on: a internet e a era das mães modernas

Definitivamente a internet não para de mudar o comportamento humano. As inúmeras opções de conteúdos disponíveis e o aumento das informações - dia após dia - atraem públicos de diversos nichos e com as mamães não seria diferente.

A expressão “a mãe tá on” nunca se encaixou tão perfeitamente em um contexto: 75% das genitoras brasileiras acessam a internet em busca de conteúdos de experiências sobre maternidade. As buscas pelo mesmo tema aumentam 85% quando as mulheres descobrem que estão grávidas.

Super antenadas, hoje as chamadas “mães modernas” tomam decisões e priorizam questões com base nos conteúdos disponibilizados nas plataformas digitais - comportamento esse que gerou uma nova tendência da maternidade contemporânea: a busca pela naturalização e experiência.

E o que seria a busca pela naturalização?

A procura por conteúdos que reforçam ou ensinam hábitos com foco em uma vida simples e mais saudável, por meio de uma alimentação in natura, por exemplo.

Um estudo do Millennials Moms, realizado pela E.Life, aponta que as mães millennials, nascidas a partir dos anos 80, deletam a ideia de oferecer papinhas prontas aos seus pequenos; preferem oferecer frutas e legumes in natura. Para elas, quanto mais perto da horta melhor, pois acreditam que alimentos industrializados, como o açúcar e os biscoitos, podem prejudicar o paladar do bebê, que, ao longo da vida, pode passar a rejeitar a comida natural, aumentando os riscos de desenvolver diabetes e obesidade no futuro.

Já na amamentação prolongada, a criança mama quando quer e não somente nas horas programadas. Há ainda a tendência em prolongar o período de amamentação mesmo que a criança já tenha passado pela fase da introdução alimentar. 

A mãe tá on com foco total na experiência

A partir da troca de experiências na internet, as mães modernas estão transformando o jeito de cuidar dos filhos. Hoje buscam muito mais conteúdos que incentivem outras mães a levar uma vida mais simples, sem excesso de consumo e com mais consciência do que realmente pode proporcionar saúde e bem-estar aos seus filhos.

Esse tipo de conteúdo atrai a participação das mães modernas em comunidades dentro das redes sociais. Além de trocarem informações sobre produtos, comentam sobre a rotina com os filhos de todas as idades, pedem conselhos, dão depoimentos e também falam sobre educação e desenvolvimento.

Com muito mais acesso à informação, a relação das mães modernas com os médicos também está mudando. Todos os dias surgem novos temas em fóruns maternos, vídeos no Youtube e relatos em blogs que as mães conectadas acabam levando para dentro dos consultórios pediátricos em busca de orientação.

Complementary Content
${loading}