Juntos pela Saúde | Bradesco Seguros

Como saber se você está desidratado?

Um dia intenso de sol, suor excessivo e pouca ingestão de líquidos pode levar a um quadro potencialmente perigoso: a desidratação. Não se trata apenas da falta de água, como também do estoque baixo de sais minerais no corpo. Esses descuidos, em quadros menos graves, podem render dor de cabeça, mau hálito, cansaço, sono, tontura e até febres e calafrios. Em situações piores, como no caso de diarréias e vômitos constantes, a desidratação pode levar o paciente até mesmo ao coma. A quantidade necessária de líquidos ingeridos por dia varia de acordo com cada pessoa, envolve fatores como peso, idade, altura, local onde vive (clima frio ou quente), entre outros. Mas, de qualquer forma, seu corpo dará sinais de desidratação e é preciso estar atento a eles. Faça o teste a seguir e veja se você corre ou não riscos de apresentar quadros de desidratação.

Passo 1 de 10

0% concluído
0% concluído
1. Quantos litros de água e outros líquidos você consome por dia?
2. Com dois dedos, pressione ou puxe para o lado a pele das costas de sua mão. Quando você retira os dedos, o que acontece?
3. De que cor a sua urina costuma ser?
4. Em qual horário você costuma praticar exercícios físicos?
5. Você costuma ter mau hálito?
6. Como estão suas olheiras?
7. Pressione o topo de um dedo – parte da sua unha ficará branca. O que acontece ao soltar?
8. Você costuma sentir dores de cabeça ao longo do dia?
9. Como é seu consumo de bebidas alcóolicas?
10. Com que frequência você sente sono e cansaço ao longo do dia?
Tags:
    Compartilhe:
    Complementary Content
    ${loading}