Programa “Porteiro Amigo do Idoso”, que capacita profissionais para cuidado com longevos, inicia nova turma em Juiz de Fora

por Bradesco Seguros em 22/08/2017

Lançada em 2010, iniciativa do Grupo Bradesco Seguros, que conta com metodologia de ensino do Senac RJ, promove curso direcionado aos profissionais de portaria da cidade mineira
 

Começa, nesta terça-feira, 22 de agosto, a nova turma do Programa "Porteiro Amigo do Idoso" em Juiz de Fora. A iniciativa, do Grupo Bradesco Seguros, é pioneira na capacitação de profissionais de portaria que lidam diariamente com moradores longevos a oferecer soluções e cuidados adequados às suas necessidades. As aulas, inteiramente gratuitas, acontecem nos dias 22, 23 e 24 de agosto. 
 
Entre maio deste ano e abril de 2018, serão capacitados aproximadamente mil profissionais de portaria que atuam em um dos quatro estados da Região Sudeste – 100 deles, somente em Juiz de Fora. Esta é a expectativa para a quinta fase do programa “Porteiro Amigo do Idoso”, iniciativa pioneira e gratuita do Grupo Bradesco Seguros. No total, serão 39 turmas em oito cidades – três delas integram-se ao programa este ano: além da mineira Uberlândia, Niterói (RJ) e São José do Rio Preto (SP). 
 
A metodologia de ensino, desenvolvida pelo Senac RJ, inclui uma vivência para que os alunos aprendam a se colocar no lugar dos idosos. Óculos para dificultar a visão, pesos nos pés e aparelho auricular, entre outros artifícios, são utilizados de forma que os porteiros sintam as limitações da idade e reflitam sobre as dificuldades enfrentadas pelos mais velhos. 
 
A cidade de Juiz de Fora foi escolhida para integrar o programa por apresentar uma das mais altas populações de idosos do estado de Minas Gerais – 14% do total, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A região atendida pelo curso abrange sete bairros da cidade, além do Centro: Granbery, Bom Pastor e Altos dos Passos, Santa Helena, Jardim Glória, Cascatinha e São Mateus. Além da turma que inicia nesta terça-feira, a sétima do programa em Juiz de Fora, será realizada mais uma turma na cidade este ano, em setembro. Os interessados podem se inscrever pe lo telefone (32) 3212 3329. Para participar do programa, o porteiro deve estar autorizado pelo síndico.
 
Idealizado em 2010, a partir de pesquisa realizada pelo Grupo Bradesco Seguros com cidadãos longevos do bairro de Copacabana – que apontou o porteiro como o “melhor amigo do idoso” –, o programa “Porteiro Amigo do Idoso” já passou por mais de 1,5 mil condomínios de 11 municípios, incluindo as capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória. 
 
Até o momento, mais de 2,7 mil porteiros foram capacitados pelo programa, que integra a plataforma de longevidade do Grupo Segurador. Atualmente, no Brasil, 24 milhões de pessoas estão acima de 60 anos, o que representa quase 13% da população, segundo o IBGE. Estimativas da Organização Mundial de Saúde apontam que, em 2050, esse número chegará a 64 milhões, significando que, de cada 10 brasileiros, três serão idosos.
 
— O programa “Porteiro Amigo do Idoso” faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com ações que incentivem a conquista da longevidade com qualidade de vida, saúde e bem-estar. Além disso, essa iniciativa colabora para que os porteiros se tornem ainda mais amigos dos idosos e entendam o processo de envelhecimento em todos os seus aspectos — explica Eugênio Velasques, Diretor do Grupo Bradesco Seguros.
 
O “Porteiro Amigo do Idoso” foi desenvolvido pelo Grupo Bradesco Seguros, sob a orientação do médico e pesquisador em saúde pública Alexandre Kalache, conselheiro sênior sobre Envelhecimento Global da Academia de Medicina de Nova York (The New York Academy of Medicine) e ex-coordenador de programas de envelhecimento da Organização Mundial da Saúde (OMS). Considerado uma das maiores autoridades internacionais em gerontologia, Kalache é consultor do Grupo Segurador para questões relacionadas à longevidade.
 
Em pesquisa realizada recentemente, nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, o Grupo Bradesco Seguros apurou o impacto do programa “Porteiro Amigo do Idoso” sobre os moradores dos condomínios alcançados. Para metade dos moradores idosos ouvidos, os porteiros passaram a mostrar mais “respeito e atenção” no relacionamento com eles. Do total de moradores em geral, 78% afirmaram se sentir mais seguros sabendo que o condomínio possui profissionais preparados; 74% percebem que os porteiros estão mais cuidadosos com os idosos; e 72% passaram a ver a função de profissionais de portaria com mais importância.
 
Sobre o Sistema Fecomércio RJ

O Sistema Fecomércio RJ é composto pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro, pelo Senac RJ e pelo Sesc RJ.
A Fecomércio RJ é formada por 59 sindicatos patronais fluminenses e tem como objetivo representar os interesses do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado. Desta forma, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico, social e político do Rio de Janeiro. O setor possui, cerca de 350 mil estabelecimentos, o que representa 62,2% dos empreendimentos comerciais fluminenses. Do total, 80% são microempresas. É o segmento que mais emprega, gerando 2 milhões de empregos formais, o que corresponde a 42,6% dos postos de trabalho com carteira assinada no Estado.
O Senac RJ
 
O Senac RJ é uma instituição de ensino que atua há 70 anos na profissionalização de mão de obra para o setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo no Estado do Rio. Atualmente, é referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 70% de empregabilidade nos últimos anos, e investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho. Com 39 unidades em todo o estado do Rio, de 2010 a 2015 o Senac RJ passou de 89 mil para 153 mil alunos.
 
O Sesc RJ é o braço social do Sistema Fecomércio RJ. Tem como objetivo proporcionar o bem-estar e a qualidade de vida do comerciário, da sua família e da sociedade. Oferece acesso a atividades nas áreas de cultura, saúde, turismo social, educação, esporte e responsabilidade social. Possui 21 Unidades de serviço, quatro Unidades hoteleiras (Copacabana, Nogueira (Petrópolis), Nova Friburgo e Teresópolis), em 12 municípios do estado do Rio de Janeiro, e 11 unidades itinerantes (4 - BliblioSesc, 6 - OdontoSesc, 1 - CineSesc).